Blog

Vale a pena contratar uma babá?

A hora certa de contratar uma babá é quando você sente a necessidade de ter alguém para te auxiliar a cuidar do seu bebê, seja por razões pessoais ou profissionais.

E não fique preocupado, o fato de colocar alguém desconhecido dentro da sua casa, causa insegurança e dúvidas, é normal.

Uma sugestão: converse com pais que já passaram por esse processo e escute delas as experiências, recomendações e dicas. Mas faça isso antes do nascimento da criança, pois pode ser tornar estressante considerando o fato de que você estará ocupada cuidando do bebê. Outra dica é contatar uma empresa que consiga te oferecer todo o suporte na contração e na adaptação do profissional no início.

Cuidar de uma criança não é simples e requer bastante responsabilidade e atenção dos pais para evitar que aconteça acidentes e imprevistos com a criança.

Contudo, é muito complicado conciliar as demandas dos cuidados de uma criança com as condições da vida profissional e da rotina.

Por esse motivo, contratar uma babá é de muita ajuda no momento de cuidar do neném, principalmente quando essa tarefa começa a criar conflitos com outras situações importantes.

Além disso, existem também alguns aparelhos que podem te auxiliar no cuidado com o seu bebê, como por exemplo, a babá eletrônica. Esse prático dispositivo permite que os pais acompanhem a criança de longe. A babá eletrônica que possui monitor, por exemplo, permite que você monitore em tempo real dos movimentos ou sons produzidos pelo neném.

Enfim, nesse artigo você irá saber sobre algumas vantagens e desvantagens de ter uma babá cuidando do seu bebê e também irá ficar por dentro dos detalhes importantes a serem notados no momento de contratar essa profissional. Bora lá?

Motivos para ter uma babá

Uma das maiores vantagens de contratar uma babá é que ela oferece uma atenção individual para a criança, ao contrário das creches e berçários onde existem diversos bebês para serem cuidadas ao mesmo tempo, às vezes por 1 ou 2 pessoas.

Isso facilita que a criança seja inteiramente estimulada e atendida, e também que tenha uma relação de afeto com essa nova pessoa, que diversas vezes cria laços próximos com a família.

Ademais, por estar em sua casa e continuar com sua rotina, a criança tende a se adaptar melhor à sua falta dos pais na volta ao trabalho.

Outro ponto positivo é a despreocupação de não ter que tirar seu filho de casa naqueles dias em que ele surge passando mal de última hora – um dos maiores pesadelos dos pais que trabalham bastante e não podem se ausentar nos compromissos. E também, a possibilidade de ele ficar doente com menos frequência é maior caso ele não frequente a creche tão cedo.

Apesar de não ser uma escolha barata, o custo-benefício compensa se você tiver mais de um filho e precisar pagar para cada um a mensalidade da escola.

Algumas desvantagens ao contratar uma babá

Sem dúvidas, quando você junta condução, impostos e salário, a despesa não é baixa e pesa um pouco no bolso. É sempre um ponto a se pensar sobre o seu orçamento doméstico e definir se dá para aguentar ou até a possibilidade de cortar algumas despesas para conseguir pagar uma babá para seu filho.

Outro ponto que vários pais consideram é em relação à grande confiança que precisa depositar em uma pessoa para cuidar das crianças, sem ter como checar o seu trabalho, já que de certa forma, não vão estar em casa.

Uma questão que também é importante considerar é que o seu filho não terá tanto tempo para conviver e brincar com colegas da mesma idade, como no ambiente de escolinha.

Existem, por fim, a enrascada de quando a babá necessita se ausentar do trabalho e os pais não têm alguém por perto para acudir com a criança. É essencial ter em mente um plano B para esse tipo de ocorrência, já que todos têm uma emergência pessoal ou de saúde que às vezes exige faltar no emprego.

Cuidados na hora de contratar uma babá

A partir do momento em que você contrata uma babá, ela fará parte ativamente da rotina familiar e vai estar em contato direto com a criança na maioria do tempo. Portanto, é preciso muito cuidado no momento de escolher essa profissional, que deve ter algumas exigências importantes para dar o maior benefício possível para o bebê.

Dê preferência para pessoas que tenham experiências e boas indicações. Analise a postura, a forma com que a babá se relaciona com a criança, a educação, e além disso fique atento a possíveis sinais de maus tratos e/ou abusos mentais e físicos.

Por essa razão, entreviste algumas candidatas e faça perguntas específicas, por exemplo, como quantas crianças ela já cuidou, como ela lida com certas situações, etc.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.