Blog

O que é energia convencional: entenda aqui

Um dos debates e assuntos mais presentes no dia a dia da sociedade no século 21 é a respeito das energias, primeiro que elas literalmente movem a sociedade, é o combustível para o desenvolvimento e todos os setores da humanidade, desde os mais simples como aquecimento que nos proporcionou habitar locais gelados, até mesmo o básico ato de conseguir nos locomover no planeta que chamamos de lar.

Conhecendo os nossos padrões de vida, fica muito claro que tudo depende ou então faz uso de energia para ser produzido, até mesmo os vegetais que consumimos em casa precisam do auxílio que o combustível dá, seja para o seu transporte do local de plantação ou então em determinados processos de sua produção. 

Das máquinas que fizeram os seus móveis, até a comida que está em seu prato ou então no aparelho que está utilizando agora mesmo para ler isto, tudo é feito com energia.

Uma rápida perspectiva mostra muito bem o quão dependente somos dessa simples força da natureza, porém, imagine a vida sem energia, como ela seria.

É um grande desafio, principalmente pois, todos já nascemos muito após o uso das formas mais básicas de energia, até mesmo das máquinas a vapor que impulsionou muito a forma como vivemos hoje em dia, com a revolução industrial.

Sendo assim, é um grande pesadelo, viver sem energia, porém, a forma como se faz energia como conhecemos está chegando ao fim, principalmente levando em conta os combustíveis que geram energia através da queima.

O que é energia convencional

Como o próprio nome já diz, a energia convencional é aquela que já está estabelecida na sociedade,  sendo elas, o uso da gasolina, diesel e etanol. A energia mais convencional do Brasil é a energia hidrelétrica, visto que, cerca de 60 % de toda a energia consumida no país vem desta fonte.

Sendo assim, elas são geradas de fontes não renováveis como combustíveis fósseis,  carvão mineral e gás natural, todos estes insumos para produzir energia são esgotáveis, ou seja, com o tempo, eles vão se acabar e ficaremos sem este item essencial.

Desvantagens da energia convencional

Como jpa foi dito, elas são esgotáveis, e a cada dia que se passa o consumo cresce mais e mais, sendo assim, o seu fim está próximo, porém, as desvantagens de utilizar estes tipos de energias não acabam por aí, por conta de suas características há outros problemas também.

  • Finitude – Não poderíamos começar de outra forma, a não ser falando do modo como as energias podem simplesmente acabar, os alertas sobre o fim da energia convencional estão presentes há muito tempo. A exemplo dos combustíveis que utilizamos no dia a dia, como gasolina, diesel e etanol, todos derivam dos fósseis, que são os componentes orgânicos de antigos seres vivos, supondo que nós esgotamos o que há disponível hoje me dia, poderia levar milhares de anos até que a o petróleo se forme novamente;
  • Impactos ambientais – Muito se fala hoje do meio ambiente, e por mais que haja muita negação, a preocupação com o planeta e recursos naturais nunca foi tão importante, está mais que claro para todos que o planeta funciona em harmonia, em que uma parte depende de outra, sendo assim, esgotar completamente as reservas de um recurso natural como o petróleo no longo prazo pode gerar sérios impactos no funcionamento do ecossistema;
  • Efeito estufa – O aquecimento global é outro grande fator que pesa contra as formas de energias não renováveis, atualmente muito se sabe sobre os efeitos da queima de carbono no planeta terra. Principalmente se levarmos em conta a escala disso, todos os dias muitos milhões de pessoas utilizam veículos movidos a queima de combustível e bilhões de toneladas de gases nocivos ao meio ambiente se acumulam na atmosfera. Como se não bastasse os danos ao planeta, ainda contribui muito para doenças respiratórias;
  • Degradação do meio ambiente -O processo de extração dos combustíveis também é nocivo ao planeta, com isso, até mesmo o início do uso das fontes não renováveis já se dá de forma errada, sendo de ponta a ponta danoso ao meio ambiente.

Alternativas para energias convencionais

Com todo este contexto em mente fica simples de notar que a conta não fecha, e o uso destas energias prejudicam muito mais do que realmente ajudam, principalmente tendo em mente que as tecnologias relacionadas a energia evoluíram muitos nos últimos anos e continuarão assim, com substitutos já nos dias atuais suprindo completamente o uso das convencionais.

Energia solar

Se há uma coisa, que é renovável é o sol, a estrela possui muitos bilhões de anos de vida e a energia gerada pela luz solar é uma das cotadas para substituir o consumo fóssil, pois não gera resíduo algum com ótimo custo benefício.

Energia eólica

A energia extraída dos bens naturais renováveis é a melhor solução para os problemas que enfrentamos e o vento é um recurso natural renovável que não gera impacto algum no meio ambiente.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

14 − um =