Pets e Natureza

O que é, e como achar grafeno?

Você sabe o que é, e como achar grafeno? Bom, o grafeno é uma simples camada de carbono de um átomo de espessura. Estima-se que uma pilha de 3 milhões de camadas de grafeno teria um milímetro de espessura. 

O grafeno é elástico e flexível, mas muito duro. É centenas de vezes mais forte que o aço. É um excelente condutor elétrico e seu ponto de fusão está acima de 3000 graus Celsius.

Atualmente, a indústria manufatureira utiliza materiais altamente sofisticados, como ligas de titânio, materiais monocristalinos e fibras de carbono. 

Esses materiais são continuamente pesquisados para aumentar sua resistência ao calor, flexibilidade ou outras propriedades. Se o grafeno cumprir suas promessas originais, poderá fazer grandes avanços na pesquisa sobre essas propriedades. 

Poderia abrir caminho para construções muito mais leves, mais finas e mais fortes, e poderia virtualmente encontrar aplicações em tudo, desde aeronaves ultraleves até plantas de dessalinização de água do mar, a computadores ultrarrápidos.

Como achar Grafeno no mercado?

O grafeno é, por enquanto, muito caro para produzir e só está disponível em pequenas quantidades para pesquisa. Ainda não há produtos comerciais que contenham grafeno. 

Então, como achar grafeno? As empresas privadas e governos em todo o mundo estão investindo centenas de milhões de dólares em pesquisa. 

A transição de um novo material para a produção em massa pode levar décadas. A invenção da fibra de carbono, por exemplo, remonta a meio século. 

O que é grafeno e por que esse material revolucionará a tecnologia?

O grafeno é uma forma incomum de um dos elementos mais comuns em nosso planeta, o carbono, e foi descoberto e sintetizado na Universidade de Manchester em 2004 por Konstantin Novoselov e Andre Geim. 

Isso lhes rendeu o Prêmio Nobel de Física em 2010. Consiste de várias folhas de átomos de carbono, um único átomo de espessura, dispostos em uma rede hexagonal. 

Sobre como achar grafeno? basicamente, o grafeno é até hoje o material mais forte e fino do mundo. Mas isso não é tudo, já que essas qualidades são muito numerosas, é também o material mais difícil e ainda assim é maleável, aquele que é o melhor condutor de calor e eletricidade.

Dadas as suas propriedades impressionantes e o baixo custo, você entendeu que este material é cheio de qualidades altamente apreciadas pelos fabricantes e especialmente nas indústrias de alta tecnologia. 

Há uma quantidade incrível de tomadas para o grafeno, mas aqui estão alguns lugares onde devemos ver esse material pousar em nossas vidas diárias muito em breve.

Chips de computador

Até agora, o desenvolvimento de chips de computador seguiu a famosa Lei de Moore, que afirmava que o número de transistores que éramos capazes de encaixar em um microprocessador dobrou a cada 2 anos (a cada ano no primeiro estudo realizado por Moore). 

Mas estamos agora nos aproximando dos limites da miniaturização dos transistores de silicone, o que deve contradizer essa “lei” nos próximos anos.

Atualmente, pesquisas estão sendo conduzidas para tentar ver como o grafeno poderia ser usado em combinação com silicone para produzir processadores mais rápidos, menores e menos intensivos em energia. 

O potencial desses chips é muito importante e pode ter um impacto real na computação e no poder do computador.

Baterias

Nossa dependência de dispositivos vestíveis (smartphones, laptops ou outros) nunca foi tão grande. Torna-se quase doentio, porque sempre precisamos de bateria. 

Pesquisas para melhorar a vida útil da bateria ainda é um grande desafio e o grafeno mostra potencial real deste ponto de vista.

A Samsung (apesar de seus recentes problemas com a bateria) relatou melhorias notáveis na capacidade da bateria adicionando grafeno às baterias de íons de lítio. 

No mesmo gênero, a empresa chinesa Dongxu revelou há alguns meses a “primeira bateria de grafeno do mundo”. Esta bateria de 4.800 mAh pode ser recarregada a 100% em apenas 15 minutos.

Aqui novamente, se o sucesso da pesquisa sobre grafeno em baterias for confirmado, este material pode levar a uma verdadeira revolução em um campo onde nossos dispositivos móveis requerem cada vez mais energia.

Sensores fotográficos

O grafeno é muito mais sensível à luz do que o silicone usado atualmente em sensores de câmera digital. Este material poderia, portanto, melhorar a qualidade das fotos e, especialmente, em condições de baixa luz. 

Além disso, a Nokia já estaria trabalhando em um smartphone equipado com uma câmera com um sensor feito parcialmente de grafeno, menos caro e menos consumo de energia.

Alto-Falantes

Os alto-falantes que usamos hoje trabalham com base em peças mecânicas que vibram para produzir som. Isso significa que é necessário ter espaço suficiente para que essas peças se movam. 

Uma equipe de pesquisadores na Coreia usou os princípios da termoacústicos (a geração de sons pelo aquecimento rápido e resfriamento de um material) para fazer um alto-falante que é muito fino e não vibra usando aero gel grafeno. Tal alto-falante seria ideal para dispositivos móveis e seria perfeito para TVs ultrafinas.

E ainda não acabou!

Como o grafeno é quase transparente e acima de tudo muito forte, ele pode ser usado no vidro para fortalecê-lo. Este uso é obviamente perfeito para fazer telas ainda mais sólidas e especialmente as telas sensíveis ao toque de nossos smartphones que muitas vezes são um elo fraco.

O grafeno é mais forte que o diamante e uma tela coberta com ele seria quase inquebrável ou, em qualquer caso, não quebraria com facilidade.

Grafeno em nosso futuro?

Os usos acima são apenas alguns exemplos concretos das possibilidades que o grafeno representa para o nosso futuro. Mas há, naturalmente, uma ampla gama de possíveis usos nos campos industrial e médico que poderiam ser tão revolucionários quanto.

Agora resta saber se o grafeno cumprirá suas promessas! Não estamos imunes a problemas de produção insuperáveis ou um custo de uso maior do que o previsto.

Mas se apenas uma parte dos usos previstos se materializar, ainda traria melhorias reais para toda a indústria de alta tecnologia.

O que você acha do grafeno? Quais usos você acha que são os mais promissores? Sinta-se livre para nos contar sobre isso nos comentários!

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.