Negócios e Política

Morar de aluguel ou financiar a casa própria? Saiba o que está valendo mais a pena

A maior parte das pessoas no mundo inteiro começa a sua vida vivendo de aluguel com o sonho da casa própria.

Estar submetido aos contratos que naturalmente só favorecem o proprietário, nunca se sentir em casa verdadeiramente e passar por mudanças constantes faz parte da vida de quem mora de aluguel.

Comprar sua própria casa parece um sonho distante mas pode estar mais perto e palpável do que você imagina.

Entenda melhor cada forma e ao final decida o que se adequa melhor ao seu orçamento.

Entenda a diferença

Viver de aluguel significa ficar restrito a uma relação contratual que normalmente só traz benefícios para o proprietário ou locador.

Entrar em um apartamento alugado, seja ele mobiliado ou vazio, quase sempre é sinônimo de nunca se sentir em casa.

Quando alugamos temos a consciência de que cada prego colocado na parede deverá ser retirado na hora da saída, e isso tem um custo que costuma ser bem alto.

Alugar um apartamento é estar diante de uma caixinha de surpresas.

Você aluga, e depois, vivendo no apartamento, pode descobrir alguns ou muitos problemas e se isso não está estipulado no seu contrato pode te dar muita dor de cabeça.

Por outro lado, comprar um apartamento é uma grande aposta e exige muito esforço inicial (se você não é rico ou herdeiro), mas depois da entrada você irá pagar as prestações do financiamento da mesma forma que paga um aluguel.

A diferença é que depois de alguns anos aquele espaço será seu.

A média de entrada é 20% do valor do imóvel e o restante pode ser financiado, mas pode variar de 10 a 30%, dependendo do banco e condições escolhidas.

Dito isso, comprar uma casa é realmente um marco e requer muito planejamento financeiro, mas ao invés disso, se você não se sente pronto, pode investir o dinheiro que juntou para a entrada e usar os rendimentos para o aluguel, inclusive.

Se você é iniciante e não tem ideia de como começar a investir, encontrará aqui tudo o que precisa saber.

Vantagens de alugar e de financiar

Uma das maiores vantagens que vejo em alugar um apartamento é poder sempre estar em movimento.
Não gostou da vizinhança? Muda.

Pegou um apartamento que tem vazamentos recorrentes? Muda.

Comprar a casa própria é maravilhoso, mas também significa maior estabilidade e isso também tem suas desvantagens.

Como maiores vantagens de alugar temos:

  • pode ser usado para testar bairros onde deseja morar efetivamente;
  • não tem grandes custos com manutenção, já que a maior parte fica por conta do locador;
  • atualmente dá para alugar sem fiadores, com processos cada vez mais desburocratizados;
  • possibilidade de mudança a qualquer momento, mesmo que sujeito a multas.

E como vantagens da casa própria temos:

  • maior segurança financeira já que contratos de locação contam com ajustes normalmente anuais;
  • é um patrimônio que será seu no final;
  • valorização com o passar dos anos;
  • investimento seguro;
  • maior tranquilidade, sem todas as burocracias e consequências da locação.

Uso do FGTS ou Consórcio para sua casa própria

Você sabia que dá para usar o seu FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) como entrada na sua casa própria?

Para isso é necessário cumprir alguns requisitos como:

  • ter três anos de trabalho consecutivos ou não na empresa ou em empresas diferentes;
  • não pode ter financiamento ativo no sistema financeiro de habitação em todo país;
  • não pode ter usado o saldo nos últimos 3 anos;
  • o imóvel precisa ser residencial urbano e ter como destino a moradia do titular.

Outra proposta muito boa é utilizar o consórcio como meio de obter sua casa própria.

No consórcio você não estará submetido aos índices extravagantes de juros bancários, pois a ele normalmente se aplica apenas uma taxa de administração, além das parcelas que você deverá pagar conforme combinado.

Você então irá pagar as parcelas do consórcio até ser contemplado com a carta de crédito, que pode ocorrer por meio de sorteios ou lances.

A contemplação ocorre de forma mais comum através do sorteio, pois mensalmente o administrador do consórcio confere a um ou mais membros a carta de crédito.

De outra forma, o lance funciona como pagamento antecipado de parcelas e que aumenta a possibilidade de ser contemplado de forma mais rápida.

Conclusão

A instabilidade no mercado financeiro causada pela pandemia nos últimos anos vem assustando muita gente e isso teve reflexo direto no mercado imobiliário, tanto para aluguel quanto para compra.

Não existe receita de bolo e o que é melhor. Existe o que se encaixa no seu bolso e o que faz mais sentido para sua vida no momento.

Para alguns é mais importante que o dinheiro não fique parado do que ter uma casa onde possa pendurar quantos quadros quiser sem ter que dar nenhuma satisfação.

Para outros é só um sonho distante, mas determinação e planejamento é o ponto de partida.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

doze + dezesseis =