Beleza e Saúde Tecnologia e Internet

Inteligência Artificial ajuda no combate a casos de hipertensão

Inteligência Artificial ajuda no combate a casos de hipertensão

No Dia Mundial de Combate a Hipertensão, celebrado em 17 de maio, tecnologia contribui para o mapeamento mais ágil de novos casos

A hipertensão arterial, também conhecida como pressão alta, é uma doença que afeta os vasos sanguíneos e pode causar diversas complicações como ataques cardíacos e acidente vascular cerebral. É responsável direta por mais de 8,5 milhões de mortes em todo o mundo, sendo 300 mil somente no Brasil, anualmente.

Segundo um levantamento recente da Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 1,2 bilhão de adultos tem hipertensão. Para chegar a esse número, a instituição reuniu dados de 1.201 estudos referentes a 184 países, incluindo o Brasil, cobrindo 99% da população mundial na faixa etária entre 30 e 79 anos.

Com base neste cenário, novas tecnologias foram sendo desenvolvidas para ajudar no combate a essa doença. Uma das áreas que mais evoluiu foi a aplicação da Inteligência Artificial na saúde para monitorar e identificar casos de hipertensão, que é também a principal desencadeadora de AVC, doença isquêmica do coração.

Uma das novidades que mais chama atenção neste campo é um monitoramento completo do bem-estar do paciente em apenas 30 segundos. Usando apenas a câmera do celular (ou outro dispositivo conectado) e respondendo a simples perguntas, a Inteligência Artificial compreende e analisa dados como frequência cardíaca e respiratória; nível de oxigenação; índice de estresse; pressão arterial; riscos de doenças cardiovasculares e de AVC, entre outros apontamentos.

Com o nome de ‘WellnessTest’ (teste de bem-estar, em português) o serviço também gera alertas sobre possíveis casos de hipertensão. A novidade está sendo oferecida atualmente apenas para seguradoras, operadoras de saúde e outras empresas preocupadas com a qualidade de vida dos seus colaboradores. “De posse das informações, já é possível promover ações específicas e preventivas para a melhoria da qualidade de vida com foco total naquele indivíduo”, explica Fernando Ferrari, diretor-geral da DOC24 no Brasil. “A saúde está seguindo o caminho da inteligência artificial e, cada vez mais, teremos inovações nessa área”, completa.

Apesar da nova ferramenta para monitoramento, os médicos reforçam a importância da adoção de hábitos de vida saudáveis para o combate mais eficaz aos casos de hipertensão, como a prática de atividade física regular; a boa alimentação e o controle do uso de sal na alimentação; evitar o fumo; reduzir o consumo de bebidas alcoólicas; e o controle da glicemia e do diabetes.

Sobre a DOC24

A DOC24 é uma empresa de saúde digital, líder na América Latina, com mais de 15 milhões de usuários. A healthtech acompanha organizações públicas e privadas no caminho da transformação digital, desenvolvendo soluções personalizadas para cada etapa do cuidado com a saúde. Para saber mais, basta acessar http://www.doc24.com.br.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.