Blog

Como especificar vidros blindados nível III-A

Entre todas as blindagens, iremos detalhar o nível III-A e todas suas especificações.

Esse tipo de blindagem é um trabalho muito específico no maior nível de blindagem e proteção.

Quais são as especificações de nível III-A

Quando falamos em blindagem seja em parede, portas ou em janelas, estamos falando como se fosse um escudo, contra invasões e ataques balísticos.

Sendo que os índices de violência têm crescido, hoje pela busca de um pouco mais de tranquilidade e segurança se tem buscado muito o trabalho de blindagem.

Com tanta procura e opções de blindagens já oferecida no mercado, se destaca as blindagens dos vidros.

Vale salientar que os vidros normalmente são muito buscados principalmente em:

  • Guaritas
  • Fachadas
  • Lotéricas
  • Vitrines de lojas
  • Agências bancárias.

Nível III-A e todas suas especificações

Muito além de se preocupar somente com a documentação no qual avalia o grau de proteção balística, ainda terá que considerar outros pontos muito importantes.

Sendo muito importante verificar o peso do material, pois, dependendo do peso, pode interferir na qualidade das esquadrias, e normalmente até no projeto de estruturas é afetado.

Pois na teoria, se têm que quanto mais pesado e espesso for o vidro, maior a sua proteção.

Vale a informação que Dependendo do grau de blindagem contra ataques balístico, se tem um projeto bem rígido no qual tem um impacto relativamente considerável na estrutura da edificação.

Sendo que antes de qualquer coisa e contrato assinado, será necessário verificar a estrutura se suportar o peso ou será necessário superdimensionadas a estrutura para suportar o peso dessas peças

Por tal motivo, se aconselha que busque a orientação de um arquiteto e de um engenheiro para uma análise profunda se a edificação aguentar o peso da estrutura da blindagem nível 3A.

Por esse motivo, a edificação necessita que a estrutura seja superdimensionada, e assim, suportar o peso dessas peças.

Vale salientar que o peso pode ser tanto que, para se ter uma ideia, um caixilho blindado normalmente chega a pesar em torno de 100 kg/m 2, sendo que o normal é chegar em torno dos 10 kg/m 2.

O ideal é que durante o desenvolvimento do projeto seja analisada a blindagem arquitetônica, mesmo que ela possa ser considerada em qualquer que seja a fase.

Esse fato se deve ao motivo de que nesse momento há maior tolerância para a decisão de utilizar materiais mais robustos.

Nível III-A e todas suas especificações: Outras recomendações

Demais recomendações a serem consideradas para realizar a contratação de blindagem arquitetônica são:

Garantir que os materiais possuam Título de Registro e Relatório Técnico Experimental, os quais são feitos pelo Exército Brasileiro.

Certificar-se de que a empresa possui estrutura industrial e um time de trabalhadores devidamente qualificados.

Observar se o fornecedor dispõe de profissionais competentes para realizar a instalação e todas as manutenções necessárias.

Nível III-A e todas suas especificações: Esquadrias especiais

A obrigatoriedade de caixilhos mais robustos é algo a ser avaliado pelo projetista, durante a fase da concepção das fachadas blindadas.

A adequação do caixilho deve ser baseada na largura do vidro e na resistência balística dele.

Isso acontece porque o sistema necessita dessa característica.

A garantia da segurança da utilização de vidros blindados depende das esquadrias especiais.

Para finalizar e se possível tomar a melhor decisão, orientamos que em termos gerais, os caixilhos blindados normalmente se fabricam com peças de aço-carbono soldados entre as chapas.

Ou seja, são normalmente revestidos com chapa dupla com o auxílio e ajuda do aço-carbono.

Sendo que a mesma que acontece com os vidros, é obrigatório que a espessura das peças deve ser condizente com o nível balístico contratado.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.