Beleza e Saúde

Chá de cavalinha com hibisco de fato emagrece? [2022]

Muito tem se contextualizado nos últimos anos sobre os potenciais efeitos do chá de cavalinha com hibisco para fins de secar a gordura visceral (barriga) e emagrecer, de forma geral.

Nesta publicação você entenderá como esta poderosa infusão é capaz de lhe aproximar de seus resultados, com outras boas repercussões agregadas.

Chá de hibisco e cavalinha: conhecendo um pouco cada um

Folha Horsetail: mais conhecida como Cavalinha

As folhas secas de horsetail são usadas há gerações, sendo integrante do último gênero remanescente de uma antiga família de plantas vasculares. O seu chá potencializa os nutrientes já encontrados na erva:

  • alto nível de sílica e cálcio;
  • magnésio;
  • ferro;
  • potássio;
  • selênio;
  • zinco e
  • manganês.

Não é por acaso que você sempre encontra a cavalinha como componente crucial dos chás seca barriga, além de atuar como diurética, ela entrega uma oferta generosa de substâncias saponinas, antioxidantes, ácidos graxos, vitaminas e esteróis; elementos que, combinados, agem positivamente no organismo, beneficiando o processo de queima da gordura visceral e diminuição corpórea (peso).

Flor sabdariffa: mais conhecida no Brasil como Hibisco

Sendo cultivado a partir de sua flor (Sabdariffa, o chá de Hibiscus é largamente apreciado em todo globo terrestre. Sabemos que, além de benefícios diversos, a África é a terra natal desta avermelhada e brilhosa flor.

Como fazer chá de hibisco com cavalinha | Acompanhe o simples preparo

Veja o simples método de como fazer chá de hibisco com cavalinha:

  1. Reserve meio litro limpo de água potável;
  2. Tenha o equivalente a uma colher de erva cavalinha;
  3. O mesmo para o hibiscus;
  4. Opcional: você pode adicionar canela (em pau) para melhorar o paladar e agregar benefícios.

Levante a fervura da água e deposite as folhas lá. Desligue o fogo e deixe de 11 a 16 minutos apurando. De preferência, mantenha esta infusão tampada. Após o tempo, você prossegue coando o chá e aproveitando-o.

Como tomar chá de cavalinha com hibisco

Quando a pergunta é sobre como tomar chá de cavalinha com hibisco, as pessoas no mundo tem distintas formas e costumes. Há regiões no Brasil onde se aprecia mais ele frio ou gelado (no norte/nordeste), porém, no sul é comum se consumir ele quente e com outras ervas, como hortelã e até gengibre. Finalmente, isso fica a seu critério.

A relação do chá de cavalinha e hibisco com a eliminação de gorduras é real?

É interessante perceber que o chá de cavalinha com hibisco possibilita o auxílio a eliminação de gorduras por conta dos seus componentes naturais.A infusão contém:

  • polifenóis,
  • catequinas,
  • flavonóides (antocianinas, inclusive)
  • entre outros elementos.

Tais compostos antioxidantes auxiliam na pressão arterial e também na saúde do coração (graças a suas propriedades anti-hipertensivas), e também contribuem para a perda de gordura e peso.

Mais um motivo que justifica que o chá de cavalinha com hibisco emagrece

Como a cavalinha age diretamente na eliminação dos líquidos em excesso, ela atua na eliminação de peso. Diante disso, vários blends de ervas, categorizados cha seca tudo slim tem a cavalinha como elemento chave. A retenção é um dos top 5 motivos de obesidade e sobrepeso no Brasil. E isso é decorrência do estilo errôneo de vida das pessoas.

Este é, então, mais um motivo pelo qual chá de cavalinha com hibisco emagrece. Não obstante, é importante entender que milagres não existirão. Uma rotina de alimentos saudáveis e atividades com o corpo é crucial para experimentar ótimos resultados.

Usar o chá de hibisco com cavalinha controla taxas de gordura no sangue

Resposta: sim, é verdade. Como dito acima, esta infusão pode apoiar a regulação da pressão arterial, e a consequência deste primeiro efeito é, o equilíbrio e impedimento do aumento da porcentagem de triglicérides por mililitro de sangue, e este, é um fator de grande risco para diversas mazelas cardiovasculares (problemas de saúde que estão entre os 5 principais causadores de óbito no Brasil, segundo o IBGE).

60 pessoas, em uma pesquisa, foram submetidas ao consumo do chá preto ou chá do hibiscus (todas diabéticas). Após 30 dias, o colesterol HDL dos que usaram o hibisco aumentou, bem como a taxa de triglicérides, LDL e colesterol total, desceram.

Já a cavalinha não atua diretamente no quesito triglicerídeos no sangue (mas ainda assim, ela ajuda este processo), ela é conhecida por ser uma potente erva diurética – trocando em miúdos, ela é mais eficaz ajudando o corpo a eliminar os líquidos retidos indesejadamente, e não a gordura no sangue, propriamente dizendo.

Chá de hibisco com cavalinha: para que serve além de tudo até aqui?

Beber esta infusão é benéfico para diabéticos

Foi verificado em estudos, que o extrato da erva cavalinha abaixa a taxa glicêmica no sangue. Obviamente isso é do interesse das pessoas que possuem diabetes.

Chá de hibisco com cavalinha é bom pra que mais?

Se você quer se surpreender ainda mais, vai gostar de saber que chá de hibisco com cavalinha é bom pra pressão arterial.

Em estudos publicados no aclamado portal científico PubMed, pesquisadores demonstraram que 65 pessoas hipertensas (ou pré- hipertensas) adultas tiveram respostas positivas através do uso do hibisco na diminuição da PA diastólica e também da PAS (PA sistólica), além da pressão arterial média.

Um cuidado a se ter sobre o chá de hibisco com cavalinha para emagrecer

É comum se perceber um excesso de consumo de suplementos e/ou alimentos por parte de pessoas que estão com muita pressa (ou desespero) pelo emagrecimento. Estas, são as vítimas em potencial dos efeitos adversos de alguns chás.

O risco da Cavalinha em excesso

Apesar de muito benéfica, a horsetail deve ser ingerida dando pausas em seus intervalos (jamais atingindo mais de 118 dias ininterruptos) de uso. Além disso, a quantidade da ingesta máxima de 599 miligramas por dia deve ser respeitada.

Tais recomendações vieram em decorrência das descobertas científicas publicadas pela Sociedade Brasileira de Hepatologia (SBH), que evidenciou que nas condições acima, a cavalinha pode alterar o bom funcionamento do fígado.

O risco do Hibiscus em excesso

Por ter o poder de ajudar na dilatação dos vasos, o hibiscus está relacionado a sintomas como vertigem, moleza e exaustão, que são consequências da baixa na pressão (que pode ser ocasionada pelo excesso do usufruto do chá de hibisco).

Desejamos que você consiga extrair não só os efeitos aqui discutidos, mas muito mais benfeitorias que estas infusões de ervas, flores e frutos podem lhe entregar. Muita saúde e bom chá pra você!

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.